As três mortes

Strudwick-_A_Golden_Thread

Meu corpo é carne e cadeias de carbonos

Decadente composto animal, que definha.

Meu espírito é o sentido das minhas ações,

O sopro da vivência dentro de mim.


Minha alma é meu espírito na vida do outro,

Minha vivência vivida fora de mim.

A vida é feita de corpo, alma e espírito.

Matéria, memória e sentido.

E a morte o apagamento desses três elementos.


A morte física abate o meu corpo

E cessa meu espírito.

Mas não seca a minha alma,

Que é coisa acabada na memória do outro.

E nela ainda vivo.


A morte estética morre no outro

Quando minha alma construída nele se apaga.

A morte definitiva é o apagamento dessa alma.

O pleno esquecimento.


Na consciência do outro, minha alma repousa,

Amorosamente enquanto memória vivida.

Morte não é o contrário da vida

Se existe memória, permaneço.

Anúncios

Um comentário sobre “As três mortes

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s